Cities

Select one or more of the cities above, then click Apply.

Rede social torna visíveis problemas de infraestrutura antes "invisíveis"

Curitiba, 23 março 2015 — Prático e intuitivo, Colab.re despertou nos indivíduos a consciência de seu papel de guardiões da cidade e diminuiu a distância entre as necessidades dos residentes e a possibilidade de intervenção do poder público. Em um ano, foram cerca de 3 700 interações e aproximadamente 1 450 casos resolvidos graças à ferramenta. Leia mais.

Engenharia e consciência social empoderam jovens de Curitiba

Curitiba, 28 fevereiro 2015 — Instituto sem fins lucrativos alia Eletromecânica e educação cidadã para fortalecer vínculos familiares, comunitários e sociais, para promover a inserção de jovens no mercado de trabalho e ajudar a garantir uma das menores taxas de desemprego do Brasil. Leia mais.

Promover a inclusão digital ainda é um desafio em Curitiba

Curitiba, 28 janeiro 2015 — Desenvolvimento social não é possível sem inclusão digital. Ciente disso, um grupo de mães da Vila das Torres, bairro carente e estigmatizado de Curitiba, abraçou o compromisso de promover o universo online na região, até então negligenciada. Com uma pequena ajuda, elas já levam internet a mais de 700 pessoas. Leia mais.

O sonho brasileiro da política

Junho de 2013 foi um marco no Brasil. Milhões de jovens saíram as ruas, com cartazes em mãos mostrando indignação com o modo que o Brasil estava sendo conduzido – primeiro em relação ao aumento das passagens, e que depois evoluiu para outros problemas como a corrupção, falta de investimento na educação, as loucuras da Copa do Mundo, etc. Leia mais.

Como manter a segurança pós-copa do mundo?

Curitiba, 26 agosto 2014 — Curitiba viu as taxas de criminalidade caírem no período da Copa do Mundo, que aconteceu pelo reforço de policiamento da rua. Com o fim do evento, a insegurança e a criminalidade voltaram a crescer. A partir de alguns aprendizados, como a cidade pode se tornar mais segura para seus moradores? Leia mais.

(Un)Happy — Cidades Brasileiras

A música "Happy" e seu clipe, do cantor Pharrell William, provocaram um movimento mundial nas ruas de diversas cidades de todos os continentes. O clipe que mostra Pharrell, amigos e pessoas comuns dançando e felizes nas ruas de L.A., inspirou diversas versões de diferentes cidades. No Brasil não foi diferente, e algumas prefeituras aproveitaram para criar suas próprias versões, como aconteceu em Porto Alegre e Curitiba. Leia mais.

É mais do que 20 centavos

Ano passado, o mundo viu uma transformação no Brasil com os jovens indo às ruas pedindo por novas medidas para as questões de mobilidade no país. Após uma violenta resposta policial nos primeiros dias de manifestações, a causa ganhou mais força em todo o país. A frase "Não é pelos 20 centavos" ficou famosa e foi usada para representar angústia e desejo dos jovens por novas soluções — mais sustentáveis e sociais (em mobilidade, na política, na econômica, etc). As reivindicações eram muito mais profundas do que o aumento de 20 centavos da passagem. As manifestações, porém, aconteceram há mais de 6 meses e o que mudou no Brasil — principalmente no que se refere a mobilidade? Leia mais.

Protests are just the beginning — change will come to Brazil

Anyone comparing countries can quickly conclude there isn’t a direct fixed relationship between economic growth and quality public services. Per capita income can be terrible while total national income is high. Economic growth can be high yet maintain widespread inequality. This is not a sustainable way to run a country, yet this is how things are and have always been done in Brazil, the last country in the Americas to abolish slavery and today the world’s 7th largest economy where 21% of the population is still under the poverty line. Brazil today is 106th in GDP per capita. We also rank among the worst in inequality, at number 17, although this is a significant improvement over the 1st place position we occupied two decades ago. Read more.