Cities

Select one or more of the cities above, then click Apply.

Sustentabilidade urbana na prática: o caso do novo Plano Diretor de São Paulo

São Paulo, 1 setembro 2014 — Com seu novo plano diretor, São Paulo hoje é um laboratório de ideias de aplicação de princípios de sustentabilidade urbana no planejamento urbano. Com o objetivo de reequilibrar a cidade, grande foco foi colocado na questão do acesso à terra urbana, suas funções e densidades ideais, os espaços públicos e sistemas modais leves. Leia mais.

Novo Plano Diretor de São Paulo: a necessidade de aumentar a qualidade de vida de todos os cidadãos

São Paulo, 23 julho 2014 — São Paulo está no processo de aprovação do seu novo Plano Diretor Estratégico, que irá determinar as novas diretrizes urbanísticas da cidade até 2030. O plano tem como principal proposta equalizar o acesso a oportunidades na cidade e o desafio de reduzir o déficit habitacional de 700 mil moradias. Leia mais.

São Paulo: Coletivos agindo!

Sem dúvida há muito que esperar para São Paulo em 2014. A abertura da copa, as mudanças na mobilidade, a aprovação do plano diretor, o dilema do mercado imobiliário — será uma bolha? — todas as questões acima poderiam ser tópicos para discutir no ano que vem. Entretanto, o fato extraordinário em 2013 que pode mudar o modo como vivemos a cidade é o seguinte: As pessoas estão provocando mudança. Read more or discuss.

Redes locais no combate à violência contra as crianças

Assegurar que as crianças e adolescentes tenham seus direitos assegurados e protegidos de qualquer forma de violência deveria ser uma prioridade de todos os países. Neste sentido, Brasil vem fazendo vários esforços que envolvem a parceria entre o governo e a sociedade civil, nos níveis nacionais e municipais. Um dos esforços mais importantes no reconhecimento dos direitos das crianças e adolescentes tem sido a aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em 1990. O ECA é um conjunto de normas que detalham os direitos das crianças e identificam os protocolos de atenção nos casos de violência, delinquência e justiça de menores. Read more or discuss.

As barreiras para participação colaborativa na cidade

Em meu projeto de pesquisa para o Mestrado, investiguei a relação do brasileiro (mais especificamente do paulistano) com cidade – o que pode instigar ou afastá-lo para uma ação ativa e colaborativa com o espaço urbano. No estudo, foi possível identificar três barreiras culturais que afastam o cidadão brasileiro das questões da cidade. Leia mais.

(Un)Happy — Cidades Brasileiras

A música "Happy" e seu clipe, do cantor Pharrell William, provocaram um movimento mundial nas ruas de diversas cidades de todos os continentes. O clipe que mostra Pharrell, amigos e pessoas comuns dançando e felizes nas ruas de L.A., inspirou diversas versões de diferentes cidades. No Brasil não foi diferente, e algumas prefeituras aproveitaram para criar suas próprias versões, como aconteceu em Porto Alegre e Curitiba. Leia mais.

Segurança Colaborativa

O Brasil está vivendo um delicado momento com o aumento da violência e com uma sensação generalizada de falta de segurança. Manchetes se repetem em todo o país - roubos, assassinatos, violência no trânsito. Se por um lado, temos um Governo ineficiente sem a força necessária para combater essa insegurança; por outro, vemos uma sociedade impaciente e começando a fazer "justiça com as próprias mãos". Leia mais.

É mais do que 20 centavos

Ano passado, o mundo viu uma transformação no Brasil com os jovens indo às ruas pedindo por novas medidas para as questões de mobilidade no país. Após uma violenta resposta policial nos primeiros dias de manifestações, a causa ganhou mais força em todo o país. A frase "Não é pelos 20 centavos" ficou famosa e foi usada para representar angústia e desejo dos jovens por novas soluções — mais sustentáveis e sociais (em mobilidade, na política, na econômica, etc). As reivindicações eram muito mais profundas do que o aumento de 20 centavos da passagem. As manifestações, porém, aconteceram há mais de 6 meses e o que mudou no Brasil — principalmente no que se refere a mobilidade? Leia mais.

Caminhar é viver São Paulo — Parte II

No meu último post, apresentei quatro elementos que estão relacionados ao prazer de andar na cidade de Porto Alegre. Neste post aprofundarei o elemento "Descoberta", que está relacionado a experiência de "desbravar" e conhecer melhor a região onde mora ou os bairros que visita. Leia mais.

Caminhar é viver a cidade — Parte I

Caminhar é uma das minhas atividades favoritas. Sempre considero ir até um lugar caminhando - e se a distância for até 5 Km é bem provável que o faça. Essa paixão me motivou - e também minha amiga e colega de Mestrado Tais Lagranha, a escrever um artigo sobre a experiência de caminhar na cidade. O objetivo foi inspirar novos projetos de design no contexto urbano para qualificar espaços públicos e a experiência dos usuários na cidade. Leia mais.